Você sabe quantas empresas de segurança existem no Brasil e na sua região?

Atualmente existem no Brasil mais de 19 mil CNPJs que possuem em sua CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), seja ela principal ou secundária, a descrição: “Atividades de monitoramento de sistemas segurança eletrônico – CNAE 8020-0/01”. Avaliando a evolução em um ano – de abril de 2016 a abril de 2017, houve um crescimento de 8,32% no número de novas empresas com esse perfil. Mas esse é o cenário nacional, e o regional, você sabe como está? Vamos apresentar aqui dados atualizados de cada região do nosso país.

NORTE
Formado pelos estados do Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima, Amapá, Pará e Tocantins, concentra uma população de aproximadamente 17 milhões de habitantes e contabilizou crescimento de 7,63% no segmento de Segurança Eletrônica. Passou de 1.062 empresas até abril de 2016, para 1.143 até abril deste ano – ou seja, 14.858 habitantes por empresa.

NORDESTE

Com uma concentração de mais de 55 milhões de habitantes distribuídos em nove estados, nossa região foi a que teve o menor percentual de crescimento na área de segurança eletrônica: apenas 7,01% em um ano. Passou de 3.083 para 3.299, chegando à média de 16.912 habitantes por empresa do setor. Mas apensar do pouco crescimento, destacamos aqui a Protekseg pela qualidade do seu serviço prestado: somos uma empresa focada no desenvolvimento de Soluções em Segurança, com uma visão abrangente e sempre atualizada com o mercado, desenvolvendo Sistemas e projetos de segurança com tecnologia avançada, sempre procurando levar aos nossos clientes produtos e soluções de alta qualidade através de parcerias com empresas líderes mundiais.

CENTRO-OESTE
A região menos populosa do país, pouco mais de 14 milhões, é responsável por uma das melhores médias de crescimento no mercado de Segurança Eletrônica. De abril de 2016 a abril de 2017, o Centro-Oeste contabilizou crescimento de 8,52%, passando de 1.526 para 1.656 empresas no segmento. A média chega a 9.053 habitantes por empresa.

SUDESTE
Já a área mais populosa do país, com cerca de 85 milhões de habitantes, também manteve crescimento acima da média no último ano. De 8.044 para 8.738 empresas, cerca de 8,63% a mais em um período de 12 meses. Se dividido com o número de habitantes, a média chega à casa de 9.666 habitantes por empresa.

SUL
Formado pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, essa foi a região com o melhor desempenho no setor. Crescimento de 8,83% em um ano, passando de 4.030 empresas em 2016 para 4.386 em 2017. O nível de competitividade nesta região também é maior. Cada empresa disputa o monitoramento de 6.565 habitantes – o menor número em comparação com as outras regiões do país.

Estados como o Paraná e Tocantins ultrapassaram os 10% de crescimento. Já Goiás, Distrito Federal e Amazonas cresceram na casa dos 9%. Outro destaque que vale uma análise são os estados do Norte como o Amapá, que passou os 12 meses com a mesma quantidade de empresas, e o Acre, que reduziu em 6% a quantidade de empresas.

Fonte: Revista Segurança Eletrônica
Por Elisandro Panisson