O uso da identificação biométrica (biometria) por impressão digital pode ser uma solução bem interessante para projetos de controle de acesso físico em empresas de diversos segmentos, já que se trata de uma tecnologia que está bem madura e tem excelente relação custo-benefício.

Registro

O registro das impressões digitais é feito por sensores ópticos que capturam a imagem, que por sua vez é processada pelo algoritmo e salva em forma de template (imagem convertida).

Reconhecimento

Em sistemas de controle de acesso, a forma mais utilizada para o reconhecimento das digitais registradas é a chamada de 1:N, em que a digital do usuário (1) é comparada a diversas (N) digitais registradas em um banco de dados, sem a necessidade de utilização de cartões ou PINs.

5 fatores fundamentais para evitar falhas com a Biometria:
1. Qualidade do sensor

A imagem deve ser capturada com resolução e qualidade adequadas.

2. Rapidez na captura

A digital deve ser lida com rapidez e processada de forma eficiente.

3. Algoritmo eficiente

O uso de algoritmos provados e reconhecidos internacionalmente é extremamente importante, pois geram templates confiáveis.

4. Rapidez em aceitar ou negar a digital

No caso de a digital ser posicionada de forma inadequada, o sistema deve indicar rapidamente para que o usuário repita a operação.

5. Ferramenta de diagnóstico

A emissão de relatórios analíticos facilita a avaliação de digitais mal cadastradas ou insuficientes.

Por Maria Luiza Metidieri
Fonte: Wellcare Tecnologia Integrada (via Linkedin)

Evite esses tipos de falhas, entre em contato conosco e faça seu orçamento. Aqui na Protekseg nós trabalhamos com tecnologia de ponta!